Athlete interview:

Fabíola Pulga Molina

  • Compartilhar

Co-Founder and Co-CEO, Fabiola Molina Swimwear

Cofundadora e Co-CEO, Fabíola Molina Swimwear

  • Competed in the butterfly and backstroke at the 2000, 2008 and 2012 Olympics
  • Two-time winner, bronze medal, women's relay in 4x100 m Medley at the Pan American Games (1995 and 1999)
  • Current co-founder and co-CEO of Fabiola Molina Swimwear, a global swim and beachwear company
  • Selected as a member of EY Entrepreneurial Winning Women
  • Competiu no nado borboleta e no de costas nas Olimpíadas de 2000, 2008 e 2012
  • Duas vezes medalhista de bronze no revezamento feminino 4 x 100 m Medley nos Jogos Pan-americanos (1995 e 1999)
  • Uma das participantes do programa EY Winning Women Brasil

Q

What drew you to swimming?

O que a levou à natação?

 

When I was four, I had a bronchitis crisis so my parents decided to have me swim to strengthen my lungs. I think what kept me in swimming was I had really good teachers, so I didn’t burn out.

Aos quatro anos de idade, tive uma crise de bronquite. Por isso, meus pais decidiram me colocar na natação, para fortalecer meu sistema respiratório. Acho que o que me manteve no esporte foi ter tido professores muito bons. Assim, não me entediei.

Q

Was there any advice from a coach that really sticks with you even in business?

Houve algum conselho de treinador que você tenha aproveitado, mesmo nos negócios?

 

I had great coaches at all levels of my life. One thing I remember was a coach telling me when I couldn’t do a set a certain way, to be creative. If you can't do it this way, try it another way.

Tive grandes treinadores em todas as fases da minha vida. Uma coisa de que me lembro é de um treinador me dizer para ser criativa quando não conseguia fazer uma série de certa maneira. Se você não consegue fazer dessa forma, tente de outra.

Q

How did that translate to your professional life?

Como isso se refletiu na sua vida profissional?

 

When we started our swimwear company, we hired someone to make the suits for us because we didn’t have all the machines or manpower. After a year we weren't happy so I decided to have our own factory and buy all the machines. When I think where we are today, it’s because we “tried another way”.

Quando começamos a nossa empresa de trajes de natação, contratamos alguém para fazer os trajes para nós, porque não tínhamos todas as máquinas nem a mão de obra necessária. Um ano depois, como não estávamos muito satisfeitos, decidimos ter a nossa própria fábrica e compramos todos os equipamentos. Quando penso onde estou hoje, é porque “tentamos de outra maneira”.

Q

When did the idea for making swim and beachwear come to you?

Quando você teve a ideia de fazer roupas de praia e de natação?

 

It was more of a necessity. I swam and I couldn't find suits I really liked. Then I found this person who had a sewing machine and was making suits for swimmers on our club team. So we said, we want a suit like this, but better here, better there, and she made it. A good friend of mine and I decided to make a two-piece, like what people use to swim or do beach volleyball, but was comfortable to train in. A friend that was sponsored by Nike got one of my suits and gave it to Nike to make her the same suit. It’s not exactly the same, just the same idea. So I saw this opportunity to have a product that no one had in the world.

Foi uma necessidade. Eu nadava e não conseguia encontrar trajes de que realmente gostasse. Então, achei essa pessoa, que tinha uma máquina de costura e fazia roupas para nadadores da equipe do nosso clube. Aí, dissemos: queremos um traje assim, mas melhor aqui, com um detalhe ali, e ela fez direitinho. Uma boa amiga e eu decidimos fazer um traje duas peças, como o que as pessoas usam para nadar ou jogar vôlei de praia, mas que fosse confortável para treinar. Uma amiga que era patrocinada pela Nike pegou um dos meus trajes e levou para a Nike, para que fizesse o mesmo traje. Não é bem o mesmo, só a mesma ideia. Então, vi a oportunidade de ter um produto que ninguém tinha no mundo.

Q

For the people who don't know, would you just tell us the name and story of your company?

Para quem não sabe, você poderia nos contar o nome e a história de sua empresa?

 

The official name is Fabiola Molina Swimwear. Our suits are very colorful and comfortable with a great fit. My friend dives with a two-piece from a ten-meter platform and the suit stays on. And what makes me so proud is that 80% of the Brazilian national team is wearing my suits.

O nome oficial é Fabíola Molina Swimwear. Nossos trajes são muito coloridos e confortáveis, com um ótimo caimento. Minha amiga mergulha com um duas peças de uma plataforma de dez metros de altura, e o biquíni fica no lugar. E o que me deixa tão orgulhosa é que 80% da equipe nacional brasileira usam os meus trajes.

Q

How do you think being an elite athlete helped the way you think as a businesswoman?

De que forma você acha que o fato de ser uma atleta de elite ajudou no modo de pensar como uma mulher de negócios?

 

It helped a lot. I think for me, business is like any challenge, like going to the Olympics –it  is not going to be easy, so you’re going to have to do a lot of things to overcome the obstacles. I feel like my career was like that, it wasn’t easy, it wasn’t because, oh I’m talented, or I train so everything goes well. Sports teaches discipline. You learn through sports that the little things really matter.

Ajudou muito. Para mim, negócio é como qualquer desafio. É como ir aos Jogos Olímpicos – não vai ser fácil, então, você terá que fazer muitas coisas para superar os obstáculos. Sinto que a minha carreira foi assim: não foi fácil, não foi porque “Ah, sou talentosa!” ou porque “Eu treino, então, tudo irá bem”. O esporte ensina disciplina. Você aprende por meio do esporte que as pequenas coisas realmente importam.

Q

Do you think traveling for swimming has helped you?

Você acha que as viagens que fez – para participar dos torneios e provas – a ajudou?

 

Oh yes a lot. I think first because I was able to learn English and study in the U.S. That was already such a big change in my life. And when we travel, we get to talk to a lot of people and see different cultures. But it definitely helped my vision and made me a little bit more complete. When you see the world in a different way, it will directly affect the way you think of your business.

Ah, sim, muito. Primeiro, porque pude aprender inglês e estudar nos EUA. Isso já foi uma grande mudança na minha vida. E, quando viajamos, falamos com muitas pessoas e vemos culturas diferentes. Mas, definitivamente, ajudou a minha percepção e me fez um pouquinho mais completa. Quando você vê o mundo de maneira diferente, isso afeta diretamente o modo como você pensa no seu trabalho.

Q

How is global networking valuable?

Qual é o valor de um networking global?

 

We can relate and learn from everyone. And the experiences sometimes are the same, and some person may have an idea in another part of the world that might help you. Women can help each other no matter where they are.

Podemos nos relacionar e aprender com todo mundo. As experiências às vezes são as mesmas, mas alguém pode ter uma ideia em outra parte do mundo que pode ajudá-la. As mulheres podem se ajudar, onde quer que estejam.

Q

Is there any other advice you would have found helpful when you were retiring from swimming?

Há algum outro conselho que você teria achado útil quando se aposentou da natação?

 

Have patience. And reach out to find help. We had no idea how to do business. I did not have a business degree; my mom’s helping me manage and she doesn’t have a business degree, but we weren’t afraid to ask even if the questions were stupid. The first step is one of the hardest, but if you persevere you’re gonna find a lot of good people who will try to help. And I think also for me, I was lucky that I could find a project that was unique on the market. Don’t just try to sell t-shirts, if you’re gonna sell t-shirts, you’re going to need to make sure that your t-shirt is unique. That’s what opens doors.

Ter paciência. E se comunicar, para encontrar ajuda. Não tínhamos a menor ideia de como fazer negócios. Não sou formada em administração; minha mãe, que me ajuda a gerenciar a empresa, também não é formada na área. Mas não tínhamos medo de perguntar, mesmo se as perguntas fossem tolas.

O mais difícil é o primeiro passo. Mas, se você persistir, encontrará muitas pessoas boas que vão tentar ajudar. E acho que também tive sorte por ter encontrado um projeto que era único no mercado. Não tente vender apenas camisetas; se for vender camisetas, é preciso garantir que o seu produto seja único e diferenciado. É isso o que abre portas.

The views of third parties set out in this publication are not necessarily the views of EY. Moreover, the views should be seen in the context of the time they were expressed.

As opiniões de terceiros emitidas nesta publicação não refletem necessariamente as opiniões da EY. Além disso, as opiniões devem ser vistas no contexto do período em que foram emitidas.

Fabíola Pulga Molina, Brazil

Fabíola Pulga Molina, Brasil

Athlete interview:

Entrevista com a atleta: