Skip to main navigation

Pesquisa de atratividade 2012: Brasil - Intensificar o crescimento do Brasil: um plano de ação - EY - Brasil

Pesquisa de atratividade 2012: Brasil

Intensificar o crescimento do Brasil:
um plano de ação

  • Compartilhar
83% dos entrevistados acreditam que a atratividade do Brasil vai melhorar nos três próximos anos

Ação 1: Melhorar o preparo do profissional e assegurar o ambiente operacional

Dos participantes da pesquisa, 29% disseram acreditar que o desenvolvimento do ensino e das habilidades terá um impacto importante na atratividade do Brasil. O crescimento constante apresentado pelo País na última década ampliou a exigência de uma força de trabalho qualificada e produtiva por parte da indústria.

Entretanto, o país enfrenta uma escassez de mão de obra qualificada, e a lacuna é mais acentuada no caso das empresas dispostas a contratar gestores, técnicos e engenheiros.

Em meio a esta forte demanda por profissionais qualificados, o desenvolvimento do sistema brasileiro de ensino é um passo imperativo. O investimento em grandes projetos urbanos e de infraestrutura foi citado por 28,5% dos entrevistados como uma das áreas fundamentais de foco para a melhoria das perspectivas brasileiras, e o governo tem implementado várias medidas para melhorar a infraestrutura do país.

Ação 2: Aumentar a capacidade de inovação e diversificar os setores

O Brasil precisa se concentrar na melhoria do ensino e no treinamento em novas tecnologias. Muitos dos investidores citaram a falta de uma força de trabalho qualificada no País como um problema. O gasto brasileiro com pesquisa e desenvolvimento precisa aumentar. Em termos de pesquisa e desenvolvimento como porcentagem do PIB, o Brasil ficou em 30º lugar, abaixo de outros mercados de rápido crescimento (RGMs) como República Tcheca (23º) e China (24º) no Índice de Inovação 2011. O governo está adotando medidas para melhorar a situação.

O Brasil oferece incentivos fiscais às empresas com o objetivo de estimular um ambiente de inovação em todo o País e melhorar sua competitividade nos mercados domésticos e estrangeiros. Em abril de 2012, o governo brasileiro anunciou quatro critérios para que as montadoras de automóveis se valessem de uma redução no imposto sobre os veículos.

O governo brasileiro vem também implementando medidas para incentivar a cooperação das universidades com a indústria. Como resultado direto, 27% de todas as patentes brasileiras pertencem a universidades. 

Ação 3: Promover as regiões do Brasil

Os investidores consideram o crescimento da infraestrutura um dos principais atrativos no Brasil. Quando indagados a respeito dos projetos capazes de aumentar a atratividade das cidades brasileiras, o desenvolvimento da infraestrutura foi a primeira escolha de mais da metade dos participantes.

O governo brasileiro tem implementado significativos gastos infraestruturais como parte do seu programa PAC multianual, tendo como objetivo promover o crescimento por meio da criação de uma rede eficiente e extensa de infraestrutura capaz de abranger todas as regiões do País. Espera-se que isso resulte em mais crescimento econômico e no aumento do investimento estrangeiro direto.

A realização das próximas edições da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos, citada por 27,4% dos investidores, também vai melhorar as perspectivas para as cidades brasileiras. O governo planeja aprimorar a infraestrutura de todas as cidades que receberão os eventos.


« Anterior

Contents

Capturing-the-momentum

Conteúdo relacionado

Contatos

Ines Hotte 
Gerente de Relações Públicas
Tel: +55 11 3054 0419

Sandra Sasson 
Diretora de Marketing e Comunicações
Emerging Markets Center
Tel: +30 (0)210 2886 032

Back to top