Skip to main navigation

Release Media Entertainment Capital Confidence Barometer - EY - Brasil

  • Compartilhar

Fusões em mídia e entretenimento ganham força, aponta EY

Estudo mostra que 34% dos executivos estão mais confiantes para fechar novos negócios

São Paulo, 29 de julho de 2014 - Os empresários das grandes companhias de mídia e entretenimento no mercado global enxergam um novo impulso para as fusões no setor no mundo todo. O "Media & Entertainment Capital Confidence Barometer", estudo da EY que mostra a confiança e perspectivas da indústria, destaca que 34% dos executivos estão mais confiantes na possibilidade de fechar negócios, contra 23% no ano passado. O clima de otimismo é resultado também da melhora na percepção da economia global: 64% acreditam que o cenário está melhorando, aumento de cinco pontos percentuais em relação ao ano passado.

A EY aponta que as duas maiores tendências que devem afetar as aquisições são transformação digital (para 61% dos entrevistados) e questões relacionadas ao futuro do trabalho (para 43%). A pesquisa foi feita com 60 executivos de grandes empresas do setor de mídia e entretenimento.

Para 52% dos executivos ouvidos no estudo, a expectativa é que os negócios do próximo ano sejam maiores que US$ 251 milhões, contra 21% no ano passado.

A confiança é alta também no quesito disponibilidade de crédito, a mais alta em cinco anos e que servirá de boa base para uma sólida plataforma de operações. Para 85% dos entrevistados, a disponibilidade de crédito ficará estável ou aumentará.

Apesar da nova força para as fusões, 92% dos executivos acreditam que as instabilidades política, regulatória e dos mercados emergentes serão os maiores riscos econômicos para seus negócios no próximo ano. “No entanto, os benefícios dos mercados emergentes, especialmente o crescimento da população de renda média, prevalecem sobre os desafios”, afirma Fábio Pires, sócio de transações corporativas da EY.

Segundo ele, os principais destinos das companhias de mídia e entretenimento são China, Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido e Índia.

Mesmo com o cenário positivo, há também cautela: 21% dos respondentes afirmam que vão reduzir o número de funcionários (contra 13% no ano passado).

Sobre a EY

EY é líder global em serviços de Auditoria, Impostos, Transações Corporativas e Consultoria, comprometida em fazer sua parte para construir um mundo de negócios melhor. Os insights e os serviços de qualidade prestados ajudam a criar confiança nos mercados de capital e nas economias do mundo. A empresa desenvolve líderes  que inspiram suas equipes a entregar excelência a todos seus stakeholders. Dessa forma, a companhia desempenha um papel fundamental na construção de um mundo de negócios melhor para seus profissionais, clientes e comunidades. A EY refere-se a uma ou mais empresas-membro da Ernst & Young Global Limited (EYG), organização privada constituída no Reino Unido, limitada por garantia e que não presta serviços a clientes.

Mais informações em: www.ey.com.br

Acompanhe em:
@EY_Brasil
#BetterWorkingWorld

Para mais informações e íntegra do material, entre em contato com o Grupo Máquina PR:

Andréia Henriques – andreia.henriques@grupomaquina.com  – (11) 3147-7401/ 98325-3695
Michelle Rodrigues – michelle.rodrigues@grupomaquina.com  – (11) 3147-7484
Priscila Pagliuso – priscila.pagliuso@grupomaquina.com  – (11) 3147-7236/ 96341-5193

 

 

EY_foto-press-release
Back to top