Skip to main navigation

Release EY - EY - Brasil

  • Compartilhar

EY valoriza diversidade e participa de encontros sobre mulheres líderes

Multinacional de auditoria e consultoria esteve presente em dois eventos tratando dos desafios femininos ao seguir a carreira executiva e empresarial

Salvador, 27 de setembro de 2013 – Foi realizada na manhã desta quarta-feira (25), na Unifacs Laureate, no campus da Avenida Paralela, a transmissão do debate promovido pelo Clinton Institute em Nova Iorque com o tema Mulheres Tomadoras de Decisão na Economia Global. A Unifacs Laureate convidou Shirley Silva, sócia de assurance do escritório da EY em Salvador, na Bahia, para compor a mesa de debates após a transmissão, junto com as jornalistas Carla Araújo, gerente de jornalismo da TV Aratu – afiliada do SBT na Bahia – e Camila Cintra, editora do Grupo Metrópole.

A executiva apresentou a EY, multinacional de consultoria e auditoria, presente e atuante em mais de 140 países e, com dados do estudo G20 Entrepreneurship Barometer - realizado pela EY e lançado no início do mês em antecipação à reunião dos G20 na Rússia -, explicitou a atual situação das mulheres no mercado empresarial brasileiro. “Atualmente, existem cerca de 27 milhões de pessoas envolvidas em atividades de empreendedorismo no país, sendo que quase metade é mulher, com 10,4 milhões de empreendedoras”, afirmou Shirley. Apesar destes números favoráveis, a taxa de mortalidade das empresas é alta, com 49% delas fechando as portas já no primeiro ano.

"Os desafios são muitos, as mulheres apresentam dificuldades em fazer networking objetivamente, a disparidade salarial perdura em alguns nichos, apesar de terem atualmente mais educação formal do que homens de acordo com as estatísticas nacionais. É particularmente complicado equilibrar a dupla jornada de trabalho presente no cotidiano de muitas trabalhadoras, empresárias e executivas brasileiras: a doméstica e a profissional”, pontuou Shirley.

Lembrou assim e defendeu o papel da iniciativa privada em oferecer condições de equidade favorecendo e sempre levando em consideração a diversidade, como no caso da EY que opera, internamente, o programa mundial Career Watch, responsável por acompanhar e potencializar a formação de colaboradores que possuam destreza para a carreira executiva, inclusive mulheres. Shirley destacou também outras vantagens da EY, como a flexibilização de horários para mães e pais assim como os seis meses de licença maternidade.

Pela tarde, a partir das 17h30, a EY esteve novamente representada por Shirley Silva mediando o debate do 2º Encontro de Mulheres Executivas, promovido pela Câmara Americana de Comércio (Amcham) no restaurante Barbacoa. No Encontro, Monica Burgos, sócia-diretora e fundadora da Avatim, rede nacional de cosméticos e perfumaria, tratou da complexidade implicada na atividade empresarial em um cenário que ainda apresenta preconceitos de gênero e arcabouço tributário hostil. Novamente a questão da dupla jornada veio à tona.

"A vida doméstica, familiar, sempre foi o meu estímulo para continuar com os projetos empresariais e levar a Avatim adiante. Então, eu sempre transformava os momentos em família, com os meus filhos, em momentos únicos. Mesmo sendo poucos, eu estava ensinando um exemplo para eles, a determinação de ganhar algo na vida por meus próprios meios", explicou, emocionada, a empresária.

A tomada de decisões esclarecidas no atual contexto socioeconômico global perpassa por mais transparência nos negócios e valorização, na cultura empresarial, na diversidade oferecida pelas diferenças de gênero, de formação, de identidade étnica etc. "A EY aposta na educação para alcançar um equilíbrio social e econômico mais igualitário", conclui Shirley.

Sobre a EY

EY é líder global em serviços de Auditoria, Impostos, Transações Corporativas e Consultoria, comprometida em fazer sua parte para construir um mundo de negócios melhor. Os insights e os serviços de qualidade prestados ajudam a criar confiança nos mercados de capital e nas economias do mundo. A empresa desenvolve líderes excepcionais que inspiram suas equipes a entregar excelência a todos seus stakeholders. Dessa forma, a companhia desempenha um papel fundamental na construção de um mundo de negócios melhor para seus profissionais, clientes e comunidades.
A EY refere-se a uma ou mais empresas-membro da Ernst & Young Global Limited (EYG), organização privada constituída no Reino Unido, limitada por garantia e que não presta serviços a clientes.

Mais informações em: www.ey.com.br

Acompanhe em:

@EY_Brasil

#BetterWorkingWorld

 

EY_foto-press-release
Back to top