Skip to main navigation

Release Europeias - EY - Brasil

  • Compartilhar

Europeias garantem equilíbrio ao consórcio que vai explorar o campo de Libra, avalia EY

Relatório da consultoria sobre os resultados do leilão ressalta surpresa do mercado com participação “tímida” de estatais chinesas

São Paulo, 30 de outubro de 2013  Após a saída das grandes petroleiras norte-americanas da disputa pelo primeiro campo do Pré-Sal a ir a leilão, o mercado esperava propostas mais agressivas das estatais chinesas que se inscreveram na concorrência pela exploração do petróleo em Libra; a entrada de Shell e Total no consórcio vencedor do leilão, no entanto, é ponto de equilíbrio ao grupo que inclui ainda CNOOC, CNPC e Petrobras. A análise é do relatório Libra journey begins for the Petrobras/CNOOC/CNPC/Total/Shell consortium, produzido pela multinacional de consultoria e auditoria EY (antiga Ernst & Young), sobre o resultado do leilão do último 21/10.
 
“A princípio, o mercado considerou que as empresas chinesas entrariam com força no leilão, uma vez que a ação dessas empresas no passado recente se pautou pelo objetivo estratégico de acumular reservas”, avalia Carlos Assis, sócio-líder do Centro de Energia da EY. “Mas os riscos da operação e do contexto econômico do Brasil pesaram também para elas, e não apenas para as big majors (como são conhecidas as grandes petroleiras norte-americanas, que não participaram do leilão). Essas empresas devem apostar em oportunidades de retorno mais rápido”, completa.
 
O estudo ressalta que, embora Libra seja um campo volumoso e a projeção consensual seja de grande retorno dos investimentos nas próximas décadas, há riscos mais imediatos, anteriores à etapa em que o petróleo estará pronto para comercialização, que causam apreensão às empresas: o setor privado se mostra apreensivo, por exemplo, com a possibilidade de que a indústria nacional seja incapaz de atender aos prazos exigidos pela operação no Pré-Sal. A inflação em alta, a falta de mão de obra qualificada e a grande ingerência das duas estatais brasileiras ligadas ao Pré-Sal (Petrobras e PPSA) também integram a lista de riscos no radar do mercado (confira a íntegra abaixo).

Integra_libra

Assis ressalta ainda que a forma como os riscos envolvidos na operação serão superados pelos consórcios e o modo como as empresas integrantes do consórcio se ajustarão sob o regime de partilha proposto pelo governo brasileiro serão decisivos para debater eventuais mudanças no modelo de exploração, que está sendo aplicado pela primeira vez. “Essa experiência vai definir se haverá mudanças no modelo de exploração do Pré-Sal, e de que forma as grandes petroleiras norte-americanas se posicionarão para os leilões dos próximos campos”, pondera Assis. “A perspectiva é positiva. O consórcio acumula importante experiência em prospecção em águas profundas e significativo poder de investimento, mas pode haver indicação do mercado de que mudanças pontuais, que aumentem a autonomia e a participação do setor privado na exploração do petróleo, sejam desejáveis para aumentar a atratividade do Pré-Sal”, completa.

Sobre a EY

EY é líder global em serviços de Auditoria, Impostos, Transações Corporativas e Consultoria, comprometida em fazer sua parte para construir um mundo de negócios melhor. Os insights e os serviços de qualidade prestados ajudam a criar confiança nos mercados de capital e nas economias do mundo. A empresa desenvolve líderes excepcionais que inspiram suas equipes a entregar excelência a todos seus stakeholders. Dessa forma, a companhia desempenha um papel fundamental na construção de um mundo de negócios melhor para seus profissionais, clientes e comunidades.
 
A EY refere-se a uma ou mais empresas-membro da Ernst & Young Global Limited (EYG), organização privada constituída no Reino Unido, limitada por garantia e que não presta serviços a clientes.
 
Mais informações em: www.ey.com.br
 
Acompanhe em:
@EY_Brasil
#BetterWorkingWorld
 
Para mais informações e íntegra do relatório, entre em contato com o Grupo Máquina PR:

Amanda Trolezi – amanda.trolezi@grupomaquina.com – (11) 2573-4100/ 98490-6252
Priscila Pagliuso – priscila.pagliuso@grupomaquina.com – (11) 3147-7236/ 96341-5193
Diego Sartorato – diego.sartorato@grupomaquina.com – (11) 3147-7401/ 99875-4311

 

 

EY_foto-press-release
Back to top