Mais qualidade com menos informação

  • Compartilhar

É comum, a cada fim de ano, as empresas e o mercado fazerem uma avaliação do período – seus sucessos, pontos a melhorar, exemplos a serem seguidos. Em relação à adoção do IFRS, o ano de 2012 trouxe algumas revelações importantes, como a de que o processo de transição gerou dúvidas e fez com que as empresas brasileiras divulgassem um grande volume de informações - o que é normal durante o processo de aprendizagem. Paul Sutcliffe, sócio de Auditoria, líder da prática de IFRS da EY, falou sobre isso na 18º edição do Assurance Journal. Ele citou o natural processo de aprendizado como vilão para a conquista desse objetivo.

Outro assunto que ganhou destaque nessa edição foi a rentabilidade de investimentos sustentáveis. Um estudo conduzido pela Universidade Federal do Rio de Janeiro avaliou risco e retorno de fundos de investimento durante 60 meses e revelou que a rentabilidade desses fundos é igual – se não maior – no longo prazo. Aproveite para ler também a reportagem “Transformando atletas em ativos”, que fala sobre o processo de avaliação de atletas. Como chegar ao cálculo milionário da carreira dos jogadores de futebol, por exemplo? Damos algumas pistas.

Acesse aqui (pdf, 9mb) e conheça a edição na íntegra.