$('#myCollapsible').collapse({toggle: false})
The better the question. The better the answer. The better the world works. У вас есть вопрос? У нас есть ответ. Решая сложные задачи бизнеса, мы улучшаем мир. У вас є запитання? У нас є відповідь. Вирішуючи складні завдання бізнесу, ми змінюємо світ на краще. Meilleure la question, meilleure la réponse. Pour un monde meilleur. 問題越好。答案越好。商業世界越美好。 问题越好。答案越好。商业世界越美好。

Rodrigo Galindo, da Kroton, é o Empreendedor do Ano de 2019!

No dia 30 de outubro, em São Paulo, a EY revelou o nome do Empreendedor do Ano de 2019. Rodrigo Galindo, presidente da Kroton Educacional, foi reconhecido o 21º empreendedor a receber o título da EY Brasil. “Empreender no Brasil não é fácil. Nós, empreendedores, seguimos em frente porque conhecemos o potencial transformador do nosso trabalho e acreditamos nele”, disse Galindo. “Fico muito orgulhoso em ver a educação celebrada por esse prêmio.”

O anúncio foi feito por Rubens Menin, fundador da MRV, nomeado Empreendedor do Ano em 2018 e primeiro brasileiro reconhecido como World Entrepreneur of the Year na etapa mundial do programa, em Mônaco.

Agora, Galindo carregará esse legado e representará o Brasil no World Entrepreneur of the Year, que ocorrerá em junho de 2019. Ele está à frente da maior trajetória do setor de educação no Brasil. Galindo assumiu a presidência da Kroton em 2010, após a universidade de sua família ser adquirida pelo grupo. Os resultados dispararam: o número de alunos do grupo cresceu mais de dez vezes. Galindo conduziu a Kroton a realizar os maiores negócios da história do setor, incluindo, em 2011, a fusão com a Anhanguera, segunda maior empresa de educação do Brasil na época.

Categoria Emerging

Os destaques da Categoria Emerging, que reconhece empreendedores inovadores à frente de negócios com alto potencial de expansão, foram os irmãos Leonardo e Leandro Castelo, fundadores da Ecoville. Ao decidirem empreender no setor de produtos de limpeza, chegaram a dormir dois anos no galpão que construíram para fabricar os produtos. Hoje, eles têm aproximadamente 300 lojas – e o plano é ser um dos maiores varejistas da área no Brasil.

"A vida do empreendedor não é fácil, todos os dias são difíceis. Quando recebemos este prêmio, a primeira coisa que lembrei foram os momentos que pensamos em desistir. Nós superamos dificuldades, tivemos resiliência e disciplina em cima do nosso propósito de negócios que acreditávamos. Hoje, chegamos à conclusão, que dá para fazer acontecer e vale a pena acreditar nos sonhos”, disse Leonardo Castelo, da Ecoville.

EY chart – Emerging
Irmãos Castelo vibram com reconhecimento

O futuro e a tradição

Ao abrir o evento, o CEO da EY Brasil, Luiz Sérgio Vieira, reforçou o propósito do Empreendedor do Ano. “Este reconhecimento é um orgulho para nós, da EY, pois celebra e apoia o empreendedorismo, que faz parte de nosso DNA”, disse Luiz Sérgio, projetado na tela de evento – ele estava em um compromisso no exterior e, infelizmente, não pôde participar em pessoa. A tecnologia, porém, fez a ponte. A inovação e a disruptura, aliás, foram os grandes temas da noite.

Na abertura do evento, um balé contemporâneo e futurista, com quatro dançarinos interagindo com elementos digitais, trouxe o recado: o futuro é agora. Em seu discurso, Sérgio Romani, CEO da EY para a América do Sul, reforçou a mensagem. “Empreender nesses tempos em que o futuro é agora requer coragem e trabalho árduo, sempre aliados a novas habilidades”, disse Romani. “Há inovação e oportunidades acontecendo em todos os negócios e em todo o mundo.”

Categoria Family Business

O olhar é para o futuro, também, na hora de celebrar as grandes tradições. Na Categoria Family Business, a EY reconheceu a Votorantim, que completou 100 anos em 2018. Receberam a homenagem Clóvis Ermírio de Moraes Scripilliti, da terceira geração da família fundadora, e João Miranda, CEO do grupo. Eles receberam a homenagem das mãos de Luiza Helena Trajano, cuja família foi a homenageada desta categoria na edição anterior do Empreendedor do Ano.

“Uma empresa familiar sempre é difícil. Com o passar do tempo, a empresa precisa se adaptar com novos momentos, seja por conta do crescimento da família e dos desafios dos negócios. O mundo empresarial é muito dinâmico e empreender não é simples. Nesses 100 anos, nós estamos renovando e começando também um processo de construção para os próximos 200, 300 anos. Para os empreendedores que estão começando, acredito que há espaço para otimismo, buscar novos horizontes e se adaptar com as mudanças”, ressaltou Clóvis Ermírio, da Votorantim.

EY chart – Family Business
Clóvis Ermírio (Votorantim)

Executivo Empreendedor

Outro destaque foi a homenagem a Pedro Parente, CEO Global da BRF, reconhecido na categoria Executivo Empreendedor por sua trajetória repleta de desafios, que inclui a presidência da Petrobrás e da Bunge Brasil, passagens por conselhos de administração, uma carreira consolidada no setor público e, agora, o comando da gigante de alimentos.

"Vivemos em um País extraordinário, que traz consigo todas as condições de um país potencialmente vibrante. No entanto, ainda não tivemos a capacidade de fazer com que todas elas se transformem em realidade", disse Parente, completando que, em seu entendimento, as lideranças têm o papel de gerar essas condições, enquanto os empreendedores devem empreender com toda a esperança.

“Esse reconhecimento é pela minha carreira. Agradeço a todos que me ajudaram nesse caminho”, finalizou Parente.

EY chart – Executivo Empreendedor
Pedro Parente (BRF)

Categoria Sustentável

Houve, ainda, espaço para celebrar a sustentabilidade. Na Categoria Sustentável, a homenagem foi entregue ao diretor vice-presidente executivo do Bradesco, André Cano, pelo histórico do banco de dedicação à educação no Brasil – incluindo a Fundação Bradesco, há mais de 60 anos um dos maiores programas socio-educacionais privados do país.

"Esse prêmio nos enche de orgulho; é muito importante, pelas empresas que estavam representadas e que concorreram conosco na categoria", disse o executivo ao final do evento, completando que recebeu o reconhecimento, em nome do Bradesco, com muita emoção.

EY chart – Sustentavel
André Cano (Bradesco)

Encerramento do EOY 2019

Em todas as homenagens da noite, a mensagem que permaneceu foi, principalmente, a celebração do propósito de empreender. Em seu discurso, Leonardo Donato, sócio da EY e líder do programa Empreendedor do Ano no Brasil, afirmou: “Esta noite é dedicada a quem faz a mudança acontecer, quem muda o mundo com cada ideia nova e realiza as transformações que precisamos em nossa sociedade.”

Jurados

O corpo de jurados é formado por representantes da comunidade empresarial, finalistas e vencedores de edições passadas e formadores de opinião. Clique abaixo e saiba quem fez parte do corpo de jurados nesta 21ª edição do Empreendedor do Ano:

Categoria Master
  • Rubens Menin | MRV Engenharia
  • Janete Vaz | Laboratório Sabin
  • Ruy Ishiiowa | GPTW
  • Edgard Corona | Bio Ritmo
  • Fábio Barbosa | Endeavor
  • Gabriela Baumgart | Grupo Baumgart
Categoria Emerging
  • Daniel Leipnitz |Acate
  • Helena Ribeiro | Empreza
  • José Roberto Nogueira | Brisanet
  • Marcus Abdo Hadade | Arizona
  • Isabel Humberg | Fashion Code
Categoria Sustentável
  • Vandre Brilhante | CIEDS
  • Marcia Hirota | SOS Mata Atlântica

Galeria de Fotos

Confira, abaixo, os melhores momentos do Prêmio Empreendedor do Ano 2019!

Saiba mais sobre o Prêmio Empreendedor do ano Global e Brasil