3 Minutos de leitura 15 jun 2018
Windsurfistas desfrutando de um dia tempestuoso

Como os bancos podem libertar o potencial da FinTech

As FinTechs estão atuando como agentes disruptivos no setor bancário, e os bancos devem reagir ao rápido surgimento dessa nova realidade de mercado.

O setor global de FinTechs está crescendo rapidamente, impulsionado por uma poderosa mescla de start-ups inovadoras e grandes empresas de tecnologia. Os bancos que desejam alavancar seu potencial precisam agir agora, a fim de encontrar maneiras de se engajar com essas organizações inovadoras, para obter uma colaboração que crie valor.

No entanto, a nossa análise de 45 bancos globais revela que apenas 25% estão amplamente envolvidos com as FinTechs. A menos que os bancos e as FinTechs trabalhem melhor em conjunto, nenhum deles irá colher todos os benefícios da inovação. Ambos devem ser parceiros, ou podem ficar para trás.

A menos que os bancos e as FinTechs trabalhem melhor em conjunto, nenhum deles irá colher todos os benefícios da inovação. Ambos devem ser parceiros, ou podem ficar para trás.

Construindo melhores parcerias: ações para bancos e FinTechs

Os bancos precisam determinar a melhor forma de se envolverem com as FinTechs, dados os tamanhos e culturas contrastantes de suas respectivas organizações. As FinTechs também precisam saber qual a melhor forma de abordar e navegar pelos bancos.

Aqui estão várias estratégias para ambos os tipos de organizações:

Bancos

Desenvolver uma estrutura FinTech que retribua a inovação

  • Não deixe que os conflitos de cronograma de risco e recompensa atrapalhem o planejamento
  • Definina diretrizes dentro de sua estratégia FinTech
  • Projete um processo de gestão da inovação de ponta a ponta

Escolha um modelo de inovação para ligar novas ideias às necessidades do negócio

  • Adote um modelo operacional de inovação híbrida
  • Definina uma equipe de inovação distinta e uma liderança clara
  • Estabeleça transparência em torno do processo de inovação de ponta a ponta

Avaliar os prós e contras das suas estratégias de engajamento da FinTech

  • Colabore para desenvolver em conjunto novos padrões de tecnologia
  • Junte-se a aceleradores e incubadoras para networking e ideias
  • Fomente rapidamente a inovação em todos os níveis da organização

Gerir cuidadosamente o talento e a mudança arquitetônica

  • Prepare-se para uma transição de vários anos para novas arquiteturas
  • Conceba novos modelos de compensação que recompensem a inovação
  • Mapeie conjuntos de habilidades em evolução, incluindo o impacto da robótica

FinTechs

Articular uma proposta de valor

  • Não deixe que os conflitos de cronograma de risco e recompensa atrapalhem o planejamento
  • Defina diretrizes dentro de sua estratégia FinTech
  • Projete um processo de gestão da inovação de ponta a ponta

Diferencie-se com proezas regulamentares

  • Manter os mais altos padrões de integridade e evitar atalhos
  • Procure sandboxes regulamentares para provar conceitos
  • Encontre oportunidades para colaborar com os titulares

Esteja preparado e bem interligado

  • Colabore para desenvolver em conjunto novos padrões de tecnologia
  • Junte-se a aceleradores e incubadoras para networking e ideias
  • Fomente rapidamente a inovação em todos os níveis da organização

Evite o exagero construindo um caso de negócio robusto

  • Crie credibilidade com ROI demonstrável e curtos períodos de retorno do investimento
  • Esclareça a estratégia de preços, refletindo o valor para ambas as partes
  • Proteja o IP por meio de contratos de confidencialidade e compartilhamento cautelosos

Incorporando a FinTech no ecossistema bancário

Os bancos mais bem-sucedidos serão aqueles que melhoram a agilidade e reduzem os custos, colaborando com uma série de parceiros diferentes para construir o ecossistema mais forte. Os bancos não podem fazer isso sozinhos; a cultura deve ser de colaboração.

Mas para alcançar este estado futuro, os bancos terão de libertar o potencial da FinTech nas suas próprias organizações. Em última análise, tanto os bancos como as FinTechs devem trabalhar melhor uns com os outros para impulsionar com êxito a inovação.

Resumo

Para maximizar o potencial da FinTech, os bancos devem agir agora e envolver-se com organizações inovadoras para alcançar uma colaboração que crie valor.