O que acontece quando grandes mentes não pensam da mesma maneira?

Por

EY Brasil

Organização de serviços profissionais multidisciplinares

7 Minutos de leitura 17 dez 2019
Related topics Global review

Organizações bem sucedidas criam ambientes inclusivos onde os empregados se sentem livres para serem eles mesmos, sentem um forte sentimento de pertencimento e têm oportunidades equitativas. Isto leva a uma melhor tomada de decisões, estimula a inovação e aumenta a agilidade e a resiliência organizacional.

A disrupção está aqui para ficar. A criação de locais de trabalho diversos e inclusivos, no entanto, pode permitir que as organizações respondam com mais agilidade e prosperem.

Na EY pensamos na diversidade de uma maneira geral. Na formação de equipes inclusivas e a liderança temos comportamentos e ações que as pessoas demonstram quando abrem suas mentes para perspectivas diferentes das suas, e se certificam de que todos em suas equipes e ao seu redor possam contribuir com o seu melhor.

Organizações inclusivas maximizam o poder de todas as diferenças para realizar o pleno potencial de todos os seus funcionários. Isto conduz a uma melhor tomada de decisões, estimula a inovação e aumenta a agilidade e a resiliência organizacional. 

Recrutamos e investimos em pessoas que refletem um amplo espectro de perspectivas, origens e experiências, pois a solução dos problemas de um mundo complexo é exigente. É por isso que a diversidade e a inclusão são fundamentais para a EY. Incorporamos princípios centrais em toda a organização, e equipamos as pessoas da EY com as habilidades e confiança para trabalhar em equipe e liderar de forma inclusiva para maximizar as contribuições de todos.

O roteiro para o sucesso é a nossa abordagem e metodologia para a diversidade e inclusão e estabelece a nossa jornada. Esse roteiro é apoiado pelo Comitê Diretor da Diversidade Global e Inclusão. Os membros são selecioados de toda a organização e o Comité está encarregado de dar vida ao roteiro da EY, explorando os desafios da diversidade e da inclusão, elevando as práticas de sucesso e colaborando em soluções para acelerar o progresso positivo.

1. Os benefícios de fazer parte

Cultivando um sentido de pertencimento para todos.

Pertencer é a chave para desbloquear os benefícios comerciais da diversidade e da inclusão.

Quando sentimos um forte senso de pertencimento, nos sentimos livres para ser nós mesmos e temos segurança para oferecer diferentes pontos de vista e opiniões divergentes. Também acreditamos que nossas contribuições são importantes e que somos 'insiders' – uma parte integrante e confiavél de uma equipe, rede ou comunidade.

Dada a diversidade crescente nos times da EY, não podemos achar que essa sensação de pertencimento está garantida. É por isso que nós, como líderes, colegas e membros de equipe, precisamos ser guiados pelo proposito e deliberadamente cultivar esse sentimento de pertencimento para todos, de aproveitar seus benefícios para nós, como indivíduos, para as equipes de maior desempenho e para as nossas organizações.

O foco durante o último ano tem sido criar conscientização e tomar medidas para fortalecer um sentimento de pertencimento para todos na EY. O guia  Criando um forte sentido de pertencimento para todos (pdf)  articula os benefícios pessoais e empresariais de pertencer e as barreiras que o inibem, juntamente com sugestões sobre como criar um sentido dessa ideia mais forte para nós e para os outros.

  • Uma organização Top 50 da DiversityInc

    No ano passado entramos no Top 50 Hall of Fame da revista DiversityInc, e mantivemos esse status em 2019.  O Hall da Fama homenageia empresas que têm demonstrado um compromisso de longa data e são consistentes com a diversidade e a inclusão.

    Em todo o mundo, estamos orgulhosos dos muitos prêmios e distinções que destacam o compromisso da EY com a diversidade e a inclusão.

  • Inteligência Inclusiva

    Na EY, nós atribuímos Distintivos para habilidades focadas no futuro, incluindo para 'Inteligência Inclusiva' – acreditamos que esta é uma das habilidades que as pessoas precisam para ter sucesso em um mundo interconectado e de ritmo rápido.

2. Um mundo neurodiverso é um mundo de negócios melhor

Incluindo todos, em todas as habilidades.

Quando o primeiro Centro de Excelência da Neurodiversidade da EY  foi lançado na Filadélfia, em 2016, esperávamos impactos positivos para as pessoas da EY e para a marca EY.

Após nove meses, comparamos o trabalho da equipe piloto com um neurotípico. Qualidade, eficiência e produtividade eram comparáveis, mas houve uma surpresa. Os funcionários do centro neurodiverso se destacaram na inovação.

No primeiro mês, a equipe identificou melhorias nos processos que reduziram o tempo de treinamento técnico para a metade. Eles aprenderam a automatizar processos muito mais rapidamente do que os profissionais de contabilidade neurotípicos com os quais treinaram. Eles então usaram o tempo ganho para criar vídeos de treinamento para ajudar os outros.

Três anos depois, os Centros de Excelência da Neurodiversidade expandiram-se para locais em Chicago, Dallas, Nashville, Filadélfia e San Jose, e esperamos que em breve em todo o mundo. Eles não estão apenas mudando vidas, eles também estão fortalecendo a EY: reduzindo custos, melhorando a qualidade e eficiência do serviço e impulsionando a inovação.

EY building pride rainbow flag lights

3. Passando do compromisso a ação sobre a igualdade LGBT+

Defendendo a inclusão em todo o mundo.

Temos orgulho de ser uma voz de liderança na inclusão LGBT+, convocando diálogos e promovendo-a em todo o mundo, nos engajando com clientes e outras organizações enquanto eles também navegam pelas complexidades políticas, legais e sociais deste tópico.

Este ano apoiamos novas pesquisas desenvolvidas com o Centro para a Diversidade, Inclusão e Pertencimento da NYU, focadas em como as principais organizações do setor privado, incluindo a EY, estão pressionando pela inclusão de LGBT+, mesmo em países onde as leis discriminatórias fazem com que seja um desafio ser um profissional LGBT +.

E para ajudar a promover a inclusão social e econômica de todas as pessoas LGBT+, este ano sete organizações, incluindo a EY, formaram a Parceria para a Igualdade Global LGBTI. Esta iniciativa pioneira trabalhará em colaboração com o Centro para a Nova Economia e Sociedade do Fórum Econômico Mundial recrutando CEOs para implementar as Normas LGBTI das Nações Unidas (ONU).

Nos EUA, tivemos uma classificação de 100% no Índice de Igualdade Corporativa da Campanha de Direitos Humanos, designando a EY como um "Melhor lugar para trabalhar pela igualdade LGBT+", todos os anos desde 2005.

4. Transformando experiências por meio da trans-inclusão

Orgulhoso de apoiar a TDOV.

Na EY, queremos ser um local de trabalho acolhedor para todos os que se identificam em todo o espectro da identidade de género.

Nos EUA, por exemplo, temos um programa que oferece aos funcionários uma cobertura de até US$25.000 para despesas relacionadas com a transição não cobertas pelo seu plano médico. Também oferecemos um conjunto de ferramentas de diversidade de trans e gêneros (pdf) sobre práticas e diretrizes específicas para apoiar indivíduos através de um processo de transição.

Também temos orgulho em apoiar o Dia Internacional da Visibilidade Trans (TDOV) e usá-lo para reconhecer as realizações dos colegas, clientes e da comunidade trans em todo o mundo. Lançado em 2009, o TDOV celebra os transexuais e a coragem necessária para viver aberta e autenticamente.

5. Women. fast forward.

Avanço na igualdade entre homens e mulheres.

Uma parte importante da agenda de diversidade e inclusão da EY está relacionada com o avanço das mulheres.  Woman. Fast forward  é uma plataforma global que envolve as pessoas, clientes e comunidades da EY para promover a igualdade de género.

Em uma base global, o equilíbrio de gênero é o mais simples de medir e relatar. Embora tenhamos orgulho do progresso que estamos fazendo, sabemos que temos mais trabalho a fazer para melhorar a porcentagem de mulheres em posições de liderança. 

Women at the NASDAQ for GICC

6. Juntando-se a igualdade de gênero

Trabalhando com a UN Women's Global Innovation Coalition for Change (GICC).

Este ano, unimos forças com o GICC para ajudar a garantir que a igualdade entre homens e mulheres seja incorporada na inovação tecnológica.

Desenvolvemos  cinco princípios – melhorias específicas – que as empresas podem adotar para acelerar a igualdade de gênero.

Além dos princípios, também desenvolvemos a Avaliação do Ponto de Ação do GICC em coordenação com as Mulheres da ONU para ajudar as empresas a se compararem com os princípios do GICC. Esta ferramenta ajuda as empresas a medirem suas taxas de inovação e engajamento, identificar decisões para acelerar a paridade de gênero por meio da inovação e ser reconhedida pelas Mulheres da Onu.

7. Ampliando a confiança das pessoas com deficiência a nível global

Promover a inclusão da deficiência no local de trabalho.

A Organização Mundial da Saúde estima que um bilhão de pessoas no mundo vive, atualmente, com algum tipo de deficiência. É um em cada sete de nós.

Na EY, nos concentramos em como nós, e outras organizações, podemos continuar  promovendo a inclusão de deficiências visíveis e não visíveis no local de trabalho.

Estamos dando passos importantes nesta área e trabalhando com muitas organizações esclarecidas para compartilhar práticas de trabalhar em colaboração sobre este tema.

O Guia Ampliando a confiança na deficiência a nível global é um exemplo do compromisso da EY em promover a inclusão da deficiência. Lançado este ano, ele fornece dicas práticas sobre como as organizações podem construir a confiança das pessoas com deficiência.

Resumo

Perspectivas diversas, combinadas com uma cultura inclusiva, impulsionam melhores tomadas de decisões, estimulam a inovação, aumentam a agilidade organizacional e fortalecem a resiliência para a disrupção.

Sobre este artigo

Por

EY Brasil

Organização de serviços profissionais multidisciplinares

Related topics Global review