Comunicado de imprensa

20 mai 2021

Estudo global da EY mapeia cenário de gestão de grandes riquezas

No Brasil, dados mostram que o setor ainda é bastante movimentado pela oferta de produtos, mas há espaço para direcionar o foco para serviços especializados e personalizados

São Paulo, 20 de maio de 2021 – Com o objetivo de entender o comportamento dos clientes do mercado de Wealth Management, em um cenário de profundas mudanças, incertezas e dificuldades dos provedores de serviços em melhor atender às expectativas desse público, a EY, líder em serviços de Auditoria, Consultoria, Impostos, Estratégia e Transações, lança o estudo EY Global Wealth Survey. Uma análise geral dos dados mostra a necessidade de as empresas atuantes nesse segmento em desenvolver um modelo mais flexível e personalizado de experiência dos clientes.

O estudo aponta que, em um cenário recente, o setor passou por uma mudança profunda, resultante da desaceleração da economia mundial – com um consequente impacto nos rendimentos dos clientes -, da digitalização dos serviços e do aumento da demanda por novos fornecedores de serviços. Ao mesmo tempo, os clientes tornaram-se mais bem informados e cada vez mais conscientes da importância de poder contar com uma assessoria financeira, com diferentes objetivos de vida, conhecimentos sobre finanças e perfis distintos de risco, por exemplo.

A pesquisa contou com a participação de 2 mil clientes de 26 países, incluindo o Brasil, e mostra que um terço deles trocou ou tem a intenção de trocar de consultoria financeira nos próximos três anos. Entre os ultramilionários, com patrimônio de até US$ 100 milhões, 39% se mostraram propensos a fazer essa troca.

“Um dos fatores que os levam a fazer esse movimento é a maior percepção de valor sobre a consultoria financeira, conforme suas riquezas e níveis de conhecimento aumentam ao longo da vida e vai surgindo a necessidade de serviços individualizados, cenário este em que as fintechs e os assistentes digitais ativados por voz ganham vantagem”, explica a diretora-executiva da EY Brasil, Daniella Cury.

O cenário no Brasil

Entre os 100 clientes brasileiros consultados pela pesquisa, 32 deles trocaram ou pretendem trocar de consultoria financeira nos próximos três anos, com essa intenção sendo mais evidente entre os membros das chamadas gerações X e Millenials. Os da Geração X são os mais distribuídos em termos de riqueza, sendo a maior fatia formada pelos milionários – com fortuna variando entre US$ 5 milhões e US$ 29.9 milhões. Entre os Millenials, mais da metade é formada por profissionais cujas riquezas têm origem em ganhos obtidos por meio de bônus. Ambos os grupos possuem ensino superior completo, o que explica, em parte, o nível médio de conhecimento financeiro.

O estudo demonstra, ainda, que o mercado brasileiro ainda é muito explorado por meio de uma ampla oferta de produtos, mas que há espaço para melhorar a proposta de valor e oferta aos clientes por meio de novos serviços.


Diferentes cenários

Foram identificados no Brasil cinco cenários constatados em relação ao setor de Wealth Management. Um deles indica que a conquista e retenção de clientes depende de maior transparência, confiança e comunicação entre as partes. Na amostra brasileira, 26% dos respondentes declararam não compreender de forma completa os mecanismos de cobrança, principalmente entre os Millenials e a Geração X. Há também a tendência de maior busca por atendimentos mais personalizados, dando vantagem às fintechs (57%) e aos consultores independentes (48%) – o primeiro grupo por ter maior capacidade e dinamismo na personalização de serviços e produtos e o segundo por atuar de maneira mais dedicada e humanizada, se adequando a cada perfil de cliente.

Outros pontos a serem considerados na preferência dos clientes ao decidir pela troca de consultoria estão relacionados aos seus objetivos financeiros. Metade dos brasileiros consultados revelou a intenção de diversificar seus investimentos em diferentes tipos de ativos, com 48% demonstrando a intenção de acumular grandes riquezas. A segurança financeira e a garantia de uma receita adequada ao seu perfil de risco estão na preferência de 46% dos brasileiros, enquanto 44% desejam formar herança para os seus descendentes.

Esse mesmo grupo também manifestou interesse em investir em serviços que os ajudem a atingir seus objetivos em relação à gestão de suas riquezas, com 56% já fazendo uso ou desejando utilizar consultoria em investimentos especializados e 62% apostando em serviços não financeiros, como no caso dos seguros. O uso da tecnologia também ganhou destaque no estudo, indicando que os aplicativos para dispositivos móveis lideram a preferência desses clientes – com os Millenials (58%) e a Geração X (52%) estando entre os principais usuários -, uma vez que são vistos como ferramentas de personalização dos produtos e serviços oferecidos pelo setor de Wealth Management.

Sobre a EY

A EY existe para construir um mundo de negócios melhor, ajudando a criar valor no longo prazo para seus clientes, pessoas e sociedade e gerando confiança nos mercados de capitais. Tendo dados e tecnologia como viabilizadores, equipes diversas da EY em mais de 150 países oferecem confiança por meio da garantia da qualidade e contribuem para o crescimento, transformação e operação de seus clientes. Com atuação em assurance, consulting, strategy, tax e transactions, as equipes da EY fazem perguntas melhores a fim de encontrarem novas respostas para as questões complexas do mundo atual.

EY se refere à organização global e pode se referir a uma ou mais afiliadas da Ernst & Young Global Limited, cada uma delas uma pessoa jurídica independente. A Ernst & Young Global Limited, companhia britânica limitada por garantia, não presta serviços a clientes. Informações sobre como a EY coleta e utiliza dados pessoais, bem como uma descrição dos direitos individuais de acordo com a legislação de proteção de dados, estão disponíveis em ey.com/privacy. As afiliadas da EY não exercem o direito se essa prática for proibida pelas leis locais. Para mais informações sobre a nossa organização, visite ey.com.


Informações para a imprensa - EY

In Press Porter Novelli

ey@inpresspni.com.br