VAT – Value-Added Tax

Ao redor do mundo, os tributos indiretos têm assumido papel protagonista como fonte de arrecadação de recursos pelo governo.

Calculados a cada transação, sua base de incidência é muito ampla, com uma gestão complexa e suscetível a mais riscos. 

No Brasil, há cinco principais tributos indiretos (PIS, Cofins, ICMS, IPI e ISS), geridos por diferentes esferas de governo. Administrá-los bem é um desafio diário, dada a diversidade de legislações existentes (muitas conflitantes entre si) e as diferentes formas de cálculo e apuração. Afetam não apenas a formação do preço de produtos e serviços, mas podem alterar significativamente os custos, o fluxo de caixa e a rentabilidade das empresas.

Bem planejados, podem potencializar a margem bruta e/ou tornar sua empresa mais competitiva, desempenhando um papel vital nas decisões estratégicas de seu negócio.

Mensagem de Boas Vindas

A importância dos Tributos Indiretos vem crescendo substancialmente nas organizações. Os governos dependem deles para uma arrecadação rápida e eficaz; e as empresas que os administram adequadamente desfrutam da redução do custo nos bens e serviços, bem como na formação inteligente de seus preços, otimizando o fluxo de caixa e gerando resultados positivos no EBITDA.
Por serem transacionais, os Tributos Indiretos são fomentados por diversos agentes das empresas, influenciando os desafios de transformação digital dos processos ponta a ponta (do inbound ao outbound), de contencioso e de planejamento inerentes à inovações disruptivas que as organizações têm ativado, sobretudo em setores cada vez mais competitivos.
Se você busca essas oportunidades de melhoria, a EY possui uma equipe especializada em Tributos Indiretos, altamente qualificada, inovadora e munida de insights que agregam enorme valor ao seu negócio. Surpreenda-se, navegando em nossas soluções e conte conosco!
Editado por Waine Peron

LAS Indirect Tax Lead Partner

Sócio no escritório São Paulo e LAS Indirect Tax Leader. Mestre e PhD em Direito Empresarial, especialista em Direito Tributário.


Conheça nosso website de Global Trade

Falar de comércio internacional é globalizar os entendimentos acerca dos países, suas regras, leis e padrões, respeitando
suas essencialidades e excepcionalidades. Os profissionais de Global Trade da EY podem suportá-los nestes e em outros assuntos.

   Acesse aqui