2 minutos de leitura 25 jun 2021
Father holds the little kids hand while walking

O ADN das empresas familiares com sucesso

por Nuno Deus

Director, Financial Accounting and Advisory Services - Head of Digital Assurance & Technology, Ernst & Young, SROC

Pai de 2 rapazes irrequietos. Adora serões tranquilos em família brindados com uma bela refeição acompanhada por um bom vinho e, sobretudo, por boa companhia.

2 minutos de leitura 25 jun 2021

As empresas familiares bem-sucedidas têm características chave que facilitam a coesão familiar, o crescimento dos negócios e a preservação do património a longo prazo.

As empresas familiares têm características peculiares na medida em que, para além da busca pelo sucesso empresarial, têm o desejo de construir um legado intergeracional, equilibrado com os diversos desejos dos membros da família.

Os membros individuais da família costumam ter relacionamentos e interesses variados. Alguns podem não estar interessados em continuar o negócio da família, outros podem querer mudá-lo integralmente. As novas gerações trazem também consigo novos tópicos para o topo da agenda, desde diversidade, responsabilidade social e ambiental, transformação digital e até filantropia e capitalismo inclusivo.

Desafios como estes mostram como pode ser difícil navegar entre as tarefas racionais de administrar de forma eficiente uma empresa com os elementos mais emocionais inerentes à dinâmica familiar. Os líderes de empresas familiares de sucesso equilibram essas marés incorporando algumas características chave que facilitam a coesão familiar, o crescimento dos negócios e a preservação do património a longo prazo.

(Chapter breaker)
1

Capítulo 1

Comunicação

Quando as famílias crescem significativamente, em dimensão e complexidade, um bom plano de sucessão torna-se um imperativo.

Para algumas empresas familiares, a sobrevivência até à segunda ou terceira geração pode ser difícil devido a desafios de governo ou conflitos internos. A comunicação é fundamental.

As famílias bem-sucedidas preservam a coesão implementando uma estrutura de governo forte, com comunicação regular e com um plano de sucessão. Elas estão prontas para gerir conflitos e incorporar a contribuição de cada membro da família para o sucesso do negócio.

(Chapter breaker)
2

Capítulo 2

Valores compartilhados

As questões fiscais, jurídicas e financeiras muitas vezes surgem lado a lado com os objetivos e valores pessoais dos membros da família.

Podem surgir conflitos sobre a forma como o dinheiro e o poder são distribuídos, e objetivos diferentes podem criar tensões.

As famílias bem-sucedidas têm um propósito comum e valores compartilhados que as ajudam a decidir o que é importante para a família e para a empresa, incluindo atividades filantrópicas e de responsabilidade corporativa. Elas estabelecem princípios que as orientam no processo de tomada de decisão e contam com sólidas estruturas de governo para ajudar os membros da família a gerir as suas diferenças de forma a preservar a coesão e não colocar em risco o futuro do negócio.

(Chapter breaker)
3

Capítulo 3

Sustentabilidade do negócio

À medida que as famílias dividem os lucros entre um número crescente de membros, o crescimento sustentável e a rentabilidade do negócio tornam-se ainda mais importantes.

Perseguir esses objetivos com sucesso pode ser particularmente difícil em empresas familiares que são fiéis à tradição e ao conforto do “sempre foi assim que as coisas foram feitas”.

As famílias mais flexíveis cultivam a ambição e inovação dentro da família, incorporando simultaneamente novos talentos na gestão do negócio. As famílias bem-sucedidas abraçam a mudança e fomentam o espírito empreendedor entre gerações à medida que a empresa amadurece.

(Chapter breaker)
4

Capítulo 4

Gestão profissional

À medida que aumenta a complexidade inerente à gestão do património familiar, as famílias bem-sucedidas procuram profissionalizar esse processo por meio das funções de family office.

As famílias bem-sucedidas alavancam os seus recursos para otimizar custos e permitir o crescimento do negócio. Para proteger o seu património, elas estabelecem sistemas e processos de gestão que visem a obtenção de eficiência operacional, fiscal e, simultaneamente, o reforço dos valores familiares e a promoção da unidade familiar.

Resumo

Embora cada empresa familiar seja única, as bem-sucedidas têm muito em comum. As empresas familiares que apostam numa comunicação efetiva que contribua para a manutenção da união dos familiares, nos valores compartilhados e propósitos comuns, num ambiente que valorize a ambição, a inovação e o empreendedorismo e numa gestão profissional estão melhor preparadas para ter sucesso por gerações.

Navegar por todas estas dimensões relacionadas com a família, valores, negócios e património requer uma consideração cuidadosa sobre como cada uma delas se enquadra no ADN de cada empresa familiar em particular.

Sobre este artigo

por Nuno Deus

Director, Financial Accounting and Advisory Services - Head of Digital Assurance & Technology, Ernst & Young, SROC

Pai de 2 rapazes irrequietos. Adora serões tranquilos em família brindados com uma bela refeição acompanhada por um bom vinho e, sobretudo, por boa companhia.