3 minutos de leitura 31 mai 2022
pulsar porto estrategia de desenvolvimento economico do porto

PULSAR Porto: Estratégia de Desenvolvimento Económico do Porto

por Hermano Rodrigues

Principal, EY-Parthenon, Ernst & Young, S.A.

Lidera na EY-Parthenon uma equipa especializada em inteligência estratégica de apoio à tomada de decisão e à promoção da eficiência coletiva. Casado e com dois filhos. Adora viajar.

3 minutos de leitura 31 mai 2022
Tópicos Relacionados Strategy by EY-Parthenon Inovação

Designada Pulsar, a nova estratégia de desenvolvimento económico do Porto pretende impulsionar a cidade-região para um novo patamar de competitividade e atratividade, mobilizando para o efeito um investimento de 600 milhões de euros até ao final da década.

Com a assistência técnica da EY-Parthenon, o Município do Porto desenvolveu uma nova estratégia de desenvolvimento económico para o horizonte 2035, denominada PULSAR Porto.

A estratégia PULSAR Porto coloca grande ênfase na cooperação com os territórios da sua área de influência, que extravasam a vizinhança mais próxima e se estendem por oito regiões NUTS III do Norte e Centro do país – a macrorregião do Noroeste português –, uma região com 4,2 milhões de habitantes que encerra um grande potencial de criação de valor. Nesta macrorregião, o Porto assume o papel de íman e polo aglutinador das competências dos territórios que a integram.

A premência da cooperação e da coordenação regional é especialmente relevante num contexto global de acelerada transformação, em que é exigida aos territórios uma grande agilidade e adaptabilidade às necessidades dos habitantes, investidores e turistas, que são mais facilmente superadas em articulação territorial e especialização inteligente dos territórios.

Orientada pela visão "Do Mais Porto para o Melhor Porto: um Porto seletivo pelo valor", a estratégia PULSAR Porto ambiciona orientar o Porto para o desenvolvimento baseado numa economia competitiva, diferenciadora e crescentemente tecnológica, assente na inovação, no valor e na sofisticação, que seja simultaneamente sustentável, justa e resiliente. Concebida desde o primeiro momento com uma visão clara de abertura à sociedade, a estratégia PULSAR Porto é o resultado da reflexão coletiva do município e das forças vivas das diversas dimensões que contribuem para o desenvolvimento económico, tendo para tal sido auscultadas 127 entidades da sociedade civil regional, de instituições públicas e privadas e do ecossistema empresarial.

 

  • Desafios

    • Dar resposta às necessidades crescentes e talento
    • Aumento da inovação e sofisticação da economia
    • Exploração das oportunidades decorrentes dos ODS
    • Progressão para um novo patamar em matéria de atração de investimento
    • Consolidação da notoriedade internacional enquanto cidade-região de referência
  • Ambições

    • Talento
    • Inovação
    • Sustentabilidade
    • Competitividade
    • Atratividade
  • Visão

    Do “Mais Porto” para o “Melhor Porto”

  • Pilares

    “Motes” sob os quais foram arrumadas as linhas orientadoras da estratégia

    • Alavancar
    • Estimular
    • Potenciar
    • Articular
  • Vetores

    Os fundamentos da estratégia que orientam a atuação dos dez eixos

    • Especialização inteligente
    • Notoriedade
    • Articulação regional
    • C&T, inovação e talento
    • Sustentabilidade ambiental
    • Desenvolvimento de infraestruturas
  • Eixos

    A ponte entre os vetores – os “desígnios estratégicos” – e as linhas de atuação

    • Consolidação e upgrade das cadeias de valor
    • Reforço do posicionamento e relevo
    • Identidade urbana
    • Produção e atração de talento
    • I&D, empreendedorismo e inovação
    • Economia verde e transição climática
    • Mobilidade e conectividade
    • Cidade eficiente
    • Marca “Porto” e notoriedade inteligente
    • Gestão da rede regional

A conjugação da leitura dos desafios e ambições com uma análise das vantagens comparativas e competitivas do Porto e do Noroeste português resultou numa definição objetiva de oito domínios de especialização inteligente, sendo transversal a tendência para a transformação digital e uma maior consciencialização para a sustentabilidade: comércio, serviços e imobiliário; turismo e desporto; TIC e centro de serviços; saúde e ciências da vida; cultura e indústrias criativas; mobilidade, energia e ambiente; economia azul; e construção sustentável.

Por fim, com base na visão estabelecida, nos domínios de especialização inteligente escolhidos e nas ideias de iniciativas identificadas ao longo do processo de reflexão coletiva, definiu-se um Plano de Ação que materializa a implementação do PULSAR Porto sob a forma de 10 projetos estruturantes, subdivididos em componentes, que se prevê envolverem um investimento total direto que poderá chegar aos 600 milhões de euros até 2035, do qual cerca de metade assegurado pelo Município.

Tipologia Projeto Componentes
Projetos setoriais

Cultural and Creative Porto



Creative Education and Training
Creative Entrepreneurship Lab
Centro de Produção Digital
CoLAB ORAMA
Wise Destination Diferenciação e projeção do turismo
Comércio com valor
Health Business Construção e ativação de uma incubadora "húmida"
Criação de um veículo de financiamento
Promoção internacional do cluster da saúde
Blue Economy Transição digital e reconversão das atividades tradicionais
Espaço de incubação para as atividades emergentes
(e)Sports and Football Criação da Arena Liga Portuguesa
Dinamização de eventos de grande dimensão

Resumo

O diagnóstico realizado, orientado para um conjunto de áreas-chave, conjuntamente com as tendências incontornáveis que se impõem, quer por motivos estruturais quer por motivos conjunturais e, ainda, por vocações regionais/locais, permitiu balizar cinco grandes desafios para o Porto e sua envolvente, bem como identificar cinco ambições de futuro para a cidade-região: o Talento, a Inovação, a Sustentabilidade, a Competitividade e a Atratividade.

Sobre este artigo

por Hermano Rodrigues

Principal, EY-Parthenon, Ernst & Young, S.A.

Lidera na EY-Parthenon uma equipa especializada em inteligência estratégica de apoio à tomada de decisão e à promoção da eficiência coletiva. Casado e com dois filhos. Adora viajar.

Tópicos relacionados Strategy by EY-Parthenon Inovação