Agenda dos líderes tecnológicos

Para transformar estrategicamente, os líderes têm de entregar tecnologia com rapidez, inovar em escala e colocar as pessoas no centro.

Como desbloquear a visibilidade do negócio para discernir em tempo-real

Neste webcast, os membros do painel discutem tecnologias e práticas avançadas para unificar facilmente dados e tomar decisões de negócio mais depressa.

 

Assista on-demand (conteúdo em Inglês)

A pressão recai sobre os líderes tecnológicos (Chief Information Officers, Chief Technology Officers e Chief Data Officers) para que estrategicamente liderem o negócio em frente. À medida que a aceleração digital transforma as indústrias e as expetativas dos clientes e dos colaboradores, estes líderes têm um papel vital na implementação de tecnologia e na exploração dos dados para integrar áreas e abrir caminho a novos modelos de negócio. Proporcionar visibilidade com fiabilidade, flexibilidade e segurança é a chave para desbloquear valor a longo prazo para todos os interessados. As seis ações em que se deve concentrar:

  • Foco incansável no cliente e em toda a cadeia de valor

    Quase metade das empresas afirmam que satisfazer as novas exigências de clientes está a impulsionar a sua transformação digital. Dê visibilidade aos clientes na sua organização, cadeia de fornecimento e qualidade do produto e aumenta a confiança para satisfazer as expetativas dos clientes. Os líderes tecnológicos precisam de estabelecer ainda mais parcerias com o negócio para impulsionar novas estratégias centradas no cliente e novas experiências com a tecnologia.

  • Utilizar analítica avançada e IA para aprofundar visibilidade e discernimentos

    Dados de confiança e IA são uma via rápida para alcançar constatações orientadas para criar valor e monetizáveis. "O futuro é a incorporação de IA em processos centrais. Dessa forma, as empresas ficam mais inteligentes a cada segundo", diz Beatriz Sanz Sáiz, Global Consulting Data and Analytics Leader da EY. Foco onde estão os problemas e as oportunidades – experiência do cliente, inovação e personalização de produtos, cadeia de fornecimento e operações, preços – e integração da IA nos processos associados e para responder às necessidades do negócio.

    Escalar a IA nas operações de uma empresa vai exigir plataformas onde os dados sejam confiáveis, consistentes, seguros e prontos a usar em tempo real — uma evolução para as modernas arquiteturas “Business Data Fabric”.

  • Modernizar as TI para a eficiência, resiliência e agilidade

    Os orçamentos de TI estão sob considerável pressão: há tanto potencial a explorar em novas tecnologias, em particular nas aplicações cloud, mas também o respetivo financiamento constrangido ou mesmo a diminuir. Modernizar e automatizar as TI, endereçar o défice técnico, reinventar o modelo operacional, aumentar a resiliência e melhorar a segurança são fundamentais para que uma empresa se posicione para um ambiente de negócio mais tecnológico e intensivo em dados. As empresas líderes estão a assumir a modernização das TI, ao mesmo tempo que investem na construção de uma base digital para impulsionar o crescimento a longo prazo.

  • Aumentar a flexibilidade fomentando parcerias entre ecossistemas

    Cultivar parcerias através de um ecossistema digital é fundamental para o sucesso no atual cenário de evolução rápida da tecnologia e da concorrência: 68% dos líderes da transformação digital acreditam que esta é a única forma de ser bem-sucedido. Procurar novas parcerias e contribuir para ecossistemas de valor, para avançar rapidamente, criar novos produtos e serviços e responder às expectativas dos clientes.

  • Fazer movimentos estratégicos na guerra pelo talento

    "As empresas que não estão focadas em colocar as pessoas no centro e em resolver o problema da falta de competências enfrentam sérios riscos competitivos para a produtividade, inovação e crescimento", diz Liz Fealy, Global PAS Solutions e PAS Workforce Consulting Leader da EY. Os líderes tecnológicos precisam de visibilidade para compreender as lacunas de competências atuais e futuras e poderem desenvolver intervenções para "construir, comprar e pedir emprestado" talento em conformidade com as necessidades. Recrutar competências escassas ou trazê-las do ecossistema, preparar líderes e equipas para o futuro, através da sua requalificação com competências digitais flexíveis e ágeis e da atualização de competências técnicas e funcionais, para cumprir os objetivos empresariais.

  • Gerir o risco e manter a confiança entre as partes interessadas

    As novas tecnologias introduzem novas exigências em matéria de segurança, para além das que já existiam para as infraestruturas anteriores. Trabalhar num ambiente cloud suscita novas preocupações, com falhas que podem parar o negócio e com a efetiva proteção dos dados. Se os clientes e parceiros de negócio não confiarem na sua tecnologia, simplesmente não a utilizarão. Mantenha a resiliência e a visibilidade junto de todas as partes interessadas, adotando uma mentalidade de otimização de riscos para todo o portefólio de tecnologia.

EY Global Information Security Survey 2021

O inquérito deste ano revela que os CISOs e os líderes de segurança estão a enfrentar uma nova vaga de ameaças desencadeada pela COVID-19.

Descubra mais (conteúdo em Inglês)

Estudo Tech Horizon da EY

Explorar as perspetivas de liderança sobre tecnologia e transformação.

Ler o relatório (conteúdo em Inglês)

 

Tech horizon infographic
Multi ethnic team meeting via video conference

Como pode a EY ajudar a orquestrar ecossistemas de valor

A EY orquestra ecossistemas para os nossos clientes, ajudando a criar valor a longo prazo, a transformar modelos de negócio e a impulsionar a inovação.

Ler mais

Em 2021, a EY ganhou cinco Microsoft Partner of the Year Awards

Ler mais (conteúdo em Inglês)