A sua tesouraria é adequada para o futuro ou foi criada no passado?

Muitas tesourarias estão assumindo atividades adicionais ao seu escopo, e a aumentando sua importância estratégica. A sua tesouraria corporativa está evoluindo rápido o suficiente para acompanhar?

Aimportância estratégica da função de gestão de tesouraria tem aumentado progressivamente nos últimos anos. Como as organizações de tesouraria crescem, elas também estão tendo que responder ao ritmo crescente de mudanças disruptivas.

As disrupções assumem a forma de incerteza política global, tensões geopolíticas, maior protecionismo, movimentos monetários inesperados, aumento da dívida e das taxas de juro, reformas fiscais, consolidação do mercado e novas formas de conduzir os negócios possibilitadas pela tecnologia e pelas moedas virtuais. Ao mesmo tempo, as organizações estão sob pressão dos acionistas e reguladores para aumentar a transparência e melhorar o desempenho financeiro.

Nesse ambiente, é crucial ter uma meta escalável e claramente definida para a função de tesouraria corporativa, bem como uma estrutura de governança voltada para o futuro. Muitas organizações estão no início dessa transformação e buscam orientação sobre o modelo operacional do futuro.

Reformulando a paisagem do tesouro global

Os seguintes desenvolvimentos do mercado global poderão ajudar a definir o futuro modelo de funcionamento da função de tesouraria:

O futuro local de trabalho — melhorar a integração das empresas

A automação oferece grande potencial para impulsionar a transformação em uma organização: desde economia de custos e aumento da velocidade de entrega, até novos modelos operacionais e atividades de maior valor para os funcionários. As organizações devem se concentrar em obter a automação correta para posicionar a função de tesouraria como o custodiante para integrar totalmente a função financeira com o negócio principal. Isto pode ser apoiado por uma colaboração avançada entre humanos e máquinas.

Tecnologia e digital

Com a crescente demanda para adotar tecnologias novas e emergentes, as organizações estão sentindo a pressão para se adaptarem ao digital e serem vistas utilizando as últimas inovações. Tesoureiros e CFOs estão tendo uma perspectiva prática sobre as oportunidades de curto e longo prazo que ajudam a construir a implementação de um sistema de gestão de tesouraria.

Risco de transação

O número crescente de fraudes relacionadas a transações financeiras exige que os bancos utilizem tecnologia, dados e novas formas de pensar, desviando seu foco da conformidade para prevenir e interromper atividades fraudulentas de forma mais proativa.

Reforma fiscal

Iniciativas como a erosão da base tributável e a transferência de lucros e a passagem de sistemas de tributação das empresas a nível mundial para sistemas territoriais nos EUA e nos outros países membros do G7 estão moldando regimes fiscais internacionais para as empresas. Essas iniciativas podem ser uma mudança de paradigma, forçando as empresas a repensarem suas estratégias.

London Interbank Offered Rate (LIBOR) na variação

A substituição da LIBOR por uma Taxa de Referência Alternativa pode afetar todas as funções da tesouraria das empresas que lidam com as dimensões associadas a estas taxas. Os efeitos podem ser significativos e podem influenciar partes amplas da função de tesouraria.

Perspectivas de fusões e aquisições empresariais

Os líderes empresariais esperam um enorme crescimento no mercado global de fusões e aquisições num futuro próximo. Um aumento na atividade de M&A provavelmente exigirá que os tesoureiros corporativos gerenciem as necessidades de financiamento e liquidez de uma organização mais complexa e estabeleçam operações integradas.

A função de tesouraria é uma das funções mais críticas do negócio e continuará a sê-lo no futuro previsível.
Paul DeCrane
Líder Global de Serviços do Tesouro da EY

A sua tesouraria está evoluindo com rapidez suficiente para se manter atualizada?

Para enfrentar os desafios do nosso mundo em rápida mudança, espera-se que a função de tesouraria apoie a execução da estratégia de negócios mais ampla através de uma variedade de iniciativas.

Automatizar a tesouraria

Em um cenário tecnológico em constante mudança, as funções de tesouraria podem ajudar suas organizações a agilizar os processos para ganhar efficiency, reduzir custos e melhorar os níveis de controle por meio da automação. Manter-se atualizado com os novos desenvolvimentos impulsionados pelas empresas da FinTech e a padronização, coordenação e simplificação dos processos de tesouraria são cruciais para apoiar os negócios diários. Desenvolver um mapa claro e progressivo da tesouraria de TI, confirmar que as interfaces de sistema funcionam perfeitamente e criar uma revisão de maturidade do cenário existente são algumas formas de melhorar a função de gerenciamento de tesouraria.

Gestão da contabilidade e dos controles

As alterações nas normas contabilísticas e de relato têm um efeito imediato na função de tesouraria. As organizações devem compreender e aplicar os métodos de contabilidade apropriados para gerenciar negócios globalmente, bem como internamente.

Transformando as operações de tesouraria

É importante estabelecer uma estrutura organizacional robusta com um modelo de governança claramente definido e prospectivo. Vários papéis estratégicos poderiam ser adotados pelo departamento de tesouraria, que incluem deixar de atuar como um centro de custo e se tornar um centro de serviços de valor agregado, melhorar a gestão do capital de giro e implementar automação para tornar o processo de transação mais eficiente.

Execução de operações corporativas

As organizações continuam a buscar transações estratégicas para entrar em novos mercados, expandir linhas de produtos, reequilibrar carteiras de negócios, vender ativos não essenciais e melhorar os modelos operacionais. As funções de Tesouraria estão cada vez mais envolvidas na identificação, planejamento e execução dessas transações estratégicas. Isso requer uma combinação de conhecimento técnico de tesouraria, experiência na execução de transações estratégicas, disponibilidade de recursos já escassos para apoiar cada transação, integração com outras funções e uma abordagem eficaz de gerenciamento de projetos. Não ser capaz de atender a esses requisitos pode resultar em oportunidades perdidas para aumentar o valor da empresa.

Alavancando a análise de tesouraria

Em uma era contínua de risco e incerteza, o monitoramento e o gerenciamento de riscos de preços de mercado podem resultar em resultados voláteis em financial, perda e danos à reputação. A função de tesouraria está posicionada de forma única para lidar com esses riscos, alavancando ferramentas analíticas. Isso ajuda a proteger ativos, informar decisões de negócios, desbloquear dinheiro, financiar o negócio e investir dinheiro.

Avaliação das atividades especiais de tesouraria

A função de tesouraria está cada vez mais assumindo novas responsabilidades, como a criação de entidades pagadoras, o factoring de recebíveis ou a gestão de planos de benefícios e carteiras imobiliárias. Nesta situação, é fundamental identificar oportunidades para melhorar o valor que a função pode criar e trabalhar para estabelecer as capacidades necessárias.

Ao tomar decisões sobre os objetivos do seu departamento de tesouraria, é importante considerar o impacto de cada decisão na função e na organização como um todo. A função de tesouraria é o que proporciona a visibilidade das posições de liquidez, liquidações, previsões, exposições e gestão de risco de uma organização. É uma das funções mais críticas do negócio e continuará a ser no futuro previsível.

Resumo

É crucial dispor de uma estrutura de governança prospectiva para a função de gestão de tesouraria em períodos de disrupção. Muitas organizações estão no início dessa transformação e buscam orientação sobre o modelo operacional do futuro.