Quanto melhor a pergunta. Melhor a resposta. Melhor se torna o mundo de negócios.

Apoiando uma startup de realidade virtual

A luva de dados de realidade virtual da Manus VR é utilizada para o treinamentos de astronautas da NASA depois de termos ajudado o CEO da empresa a transformar o seu sonho em realidade.

Related topics Força de trabalho Digital
(Chapter breaker)
1

Quanto melhor a pergunta.

Como é que se ganha vantagem na realidade virtual?

Ajudar uma empresa em fase de crescimento com grandes ideias assegura o financiamento

Fundada em 2014, a empresa holandesa Manus VR Development Kit é uma rede de dados que traz uma interação intuitiva à realidade virtual. Manus é latim para "mão", e a luva da empresa oferece rastreamento completo de dedos, rastreamento de polegar, feedback tátil (toque), e outros recursos que tornam a experiência da realidade virtual mais envolvente.

(Chapter breaker)
2

Quanto melhor a resposta.

Preparando-se para explodir

Apresentar o plano de negócios a potenciais investidores

Stephan van den Brink, um ex-consultor fiscal em nosso escritório de Eindhoven, na Holanda, e seu amigo e co-fundador, Maarten Witteveen, tiveram a idéia da Manus VR, e quando ele mencionou isso a um de seus colegas, eles lhe contaram sobre um acampamento de iniciantes tecnológicos apoiado pela EY chamado HighTechXL.

"O campo de treino foi fantástico", diz Van den Brink, que agora é CEO da Manus VR. "Foram três meses de trabalho intensivo, olhando para tudo no ciclo de vida de uma start-up, incluindo a procura de investimento, entrada no mercado, lançamento de produtos e pesquisa de clientes.

No final do campo de treino, Van den Brink enfrentou 20 outras start-ups para apresentar a sua ideia a um público de mais de 150 potenciais investidores. Ele obteve financiamento imediato, o que acelerou a construção do seu negócio.

"Depois de garantir o financiamento, a EY facilitou a realização do meu sonho", explica Stephen. "Eu saí, por isso dediquei todo o meu tempo ao Manus, mas eles disseram que eu podia voltar se as coisas não funcionassem."

Três anos depois, ele está crescendo seu negócio, tendo desenvolvido uma lista de clientes que usam suas luvas VR nas áreas de medicina, reabilitação, jogos, pesquisa e robótica. As luvas estão sendo usadas em experiências para treinar os astronautas da NASA para prepará-los para a Estação Espacial Internacional.

Sala de trabalho de realidade virtual Manus
(Chapter breaker)
3

Quanto melhor o mundo funcionar.

O céu não é o limite

Garantir que o negócio está na base certa para o futuro

"Para simplificar, eu não teria sido capaz de lançar meu negócio sem a ajuda da EY", diz Van den Brink, que agora é nosso cliente e está focado em alguns objetivos simples nos próximos anos.

"O próximo passo para nós é entrar no mercado consumidor, mas vai levar algum tempo", diz ele. "Por essa razão, e com a ajuda da EY, também estou me concentrando em fazer do Manus VR um negócio sustentável que estará por vir por muitos anos".